04 setembro, 2015

#MissingYou: Brilho eterno de uma mente infestada de lembranças...


Ainda me pergunto se em meio a toda essa insanidade sobra um lapso de lucidez ou se no meio de toda lucidez eu vivo de insanidade. Não há nada mais corrosivo do que a morte de quem você ama e, mesmo com o passar do tempo, mais corrosivo fica. Nada ameniza, nada alegra e nada nos da paz. Aquela paz de espírito que sentimos quando nossa alma mesmo em um corpo, repousa livremente com leveza. Há mais de um ano, quando minha avó ainda estava no mundo das criaturas e não do Criador, eu já sentia um medo extremo de perdê-la pois ela precisaria fazer uma cirurgia arriscada (o caso dela, vítima de inúmeras patologias como insuficiência cardíaca, insuficiência renal, má circulação e hemorragia dentre outras) de retirada do útero devido a hemorragia incessante, eu já ficava em estado de alerta. Ouso dizer que desde esse sangramento eu nunca tive uma boa noite de sono, e, hoje em dia, ainda não tenho.  Mas o medo é algo assustador e causa sentimentos assustadores e você precisa enfrentá-lo. 
Então quando minha doce Maria subiu aos céus e foi repousar junto ao Criador e aos que Ele vela, o medo ainda persistiu um tempo. Mas foi tomado pelo tormento, pelo desassossego e pela dissociação de onde me encontro no tempo e espaço. Esses oito meses de luto tem sido os piores meses da minha vida. Nada se compara a perder alguém. Nada justifica o vazio e nada explica o porque de quando uma família mais precisa estar unida, ela se desintegra em pedaços. É provável que eu me sinta perdida e sem paz por um longo tempo. É provável que a dor de ver uma vida ir embora na sua frente e não ter nada o que fazer prevaleça pela minha vida. Mas eu honro a tudo que estou sentindo: o luto, a dor, o medo, a saudade, o frio, a falta de apoio de familiares, o fundo do poço, a fome, a falta dela,minha insanidade e minha lucidez.
Somente em dois lugares me sinto em paz, me sinto segura, neste, onde jaz todos que na terra habitam e dormem o sono da paz a espera da promessa de ressurreição e dentro de um abraço, do abraço mais aconchegante do mundo...

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada por visitar! ♥
Sua opinião é muito importante para mim, não deixe de comentar
e volte sempre ☻

Copyright © 2015 #ExtraordinariamentePink
| Distributed By Extraordinariamente Pink