22 dezembro, 2015

#MissYou: 1 ano sem minha avó.



Há muito tempo não posto nada e o fato é que não consegui ainda achar um conteúdo que me seja interessante o bastante que me faça querer postá-lo. Aconteceram muitas coisas esses 2 últimos anos em minha vida que me fizeram prendem a respiração e me segurar em algo que talvez não havia segurança ou há coisas desprendidas. E foi isso que fiz. Fiquei segurando sem ter nada ao que me segurar. Muitas vezes pensei que eu realmente surtaria, outras eu achei que me curaria completamente. Em 365 dias e mais alguns eu contei nos dedos os dias em que dormi bem e acabei descobrindo que em apenas uma noite tive um sono tranquilo e renovador. Então associei isso ao fato de ter mudado minha cama de posição e que agora conseguiria dormir bem. Mas me equivoquei ao achar que teria mais noites tranquilas. Tem sempre algo me incomodando: um barulhinho aqui, outro ali. O silêncio. O vento. A chuva. A luz da lua. A escuridão. Ouvir música. Não ouvir música (o que é estranho porque deixo os fones desligados nos ouvidos por longos períodos de tempo). Partindo do preceito que estou de fato incomodada, posso verdadeiramente e por definitivo que tal incômodo se instalou após a morte da minha avó (clique aqui para ler tudo sobre). Isso desde que ela partiu.

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada por visitar! ♥
Sua opinião é muito importante para mim, não deixe de comentar
e volte sempre ☻

Copyright © 2015 #ExtraordinariamentePink
| Distributed By Extraordinariamente Pink